Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

La Vie En Rose

LifeStyle Blog | Por Raquel Teixeira

La Vie En Rose

LifeStyle Blog | Por Raquel Teixeira

X-MAS #1 | 4 Dicas de Decoração de Natal | Por The Master Bedroom

Assim que terminam as festividades do Halloween, as lojas começam a ficar inundadas de decorações de Natal.

É tão certo como os coelhinhos na Páscoa ou os biquínis no Verão.

Para os que ainda não se atiraram à tarefa ou para os que acham que ainda falta qualquer coisinha, aqui ficam algumas dicas úteis para arrasar na decoração de Natal.

Christmas deco_decoração_natal_tendencias_trendy_x-mas

- Pequenos detalhes que fazem toda a diferença: um par de galochas antigas com restos de ramos de uma árvore de Natal antiga ou mesmo ramos de azevinho que possas adquirir para o efeito, fazem uma simples e bonita decoração de Natal. Galochas: Casa - 

 

 #O que decorar?

Independente de teres uma casa grande ou pequena, o certo é que se queres transformar o ambiente da tua casa, o melhor é decorar todas as divisões. Não tens de colocar uma árvore de Natal em cada uma, bastam pequenos apontamentos, que poderão e farão toda a diferença. Tipicamente, colocamos um pinheiro de Natal num canto da sala, uns pais natal espalhados aqui e ali e fazemos a festa. Mas para conseguir um verdadeiro ambiente de Natal, nada como olhar em volta e distribuir estrategicamente alguns objetos. Na sala, o pinheiro é um must have. A decoração do pinheiro vai do gosto de cada um. Existem cada vez mais opções de cores e texturas. O clássico vermelho, verde, dourado e prateado nunca compromete! Depois do pinheiro, um centro de mesa alusivo à quadra é também uma peça chave na hora de criar ambiente. Se não tens mesa de jantar na sala, coloca-o na mesa de centro, num aparador ou em qualquer móvel de apoio. Vais notar a diferença.

Christmas deco_decoração_natal_tendencias_trendy_x-mas

- As almofadas decorativas conseguem rapidamente criar um ambiente acolhedor e natalício. Estas são da De Borla. - 
 FullSizeRender_2.jpg
- Sugestão de decoração de árvore de Natal: de bolas a casinhas de pássaros, vale tudo. O importante é sorrir quando olhares para a tua árvore.! Árvore: Aki, bolas e decoração: Primark, De Borla, Ikea, Casa, Leroy Merlin. Buchos: Oeiras Garden, DIY com spray de neve.- 
 

Dependendo da dimensão da sala, podes ainda distribuir pequenos arranjos natalícios por toda a área e se tiveres espaço no hall de entrada, os centros de mesa colocados nas consolas e móveis de entrada são também uma ótima opção. Se a carteira não permitir, podes sempre optar por colocar uma vela ou uma jarra com um ramo de azevinho. Voilá!

IMG_9068.JPG - Decora também o teu espaço de trabalho. Basta adicionar pequenos apontamentos à decoração de todo o ano, conseguirás rapidamente mudar o look do espaço e entrar no espírito natalício, mesmo enquanto trabalhas! -

 

Nas casas de banho, toalhas alusivas ao Natal ficam sempre bem. Nos quartos, se não tens espaço para uma árvore de Natal, então vale colocar uma ou duas almofadas natalícias ou até uma manta aos pés da cama. Se costumas ter arranjos florais no quarto, podes substitui-los por azevinho que é uma boa opção. 

Christmas deco_decoração_natal_tendencias_trendy_x-mas2

- Nas casas de banho, pequenos arranjos decorativos ou toalhas alusivas à quadra são uma ótima opção! Arranjo: Aki, toalhas: DIY -

 

 #Como decorar?

Existem vários estilos no que toca à decoração. O importante é manter a coerência. Se gostas de árvores de natal estilizadas, linhas finas, peças de arte, não deves assumi-lo numa divisão e na divisão do lado pendurar renas de peluche nas maçanetas das portas – em princípio, não vai resultar. O melhor é escolher um esquema de cores e de texturas e usá-lo em toda a decoração.

Se escolheres um Natal mais clássico, deverás usar tons vermelhos, verdes, dourados, o xadrez verde e vermelho.

Se pretenderes adicionar algum charme à decoração, então os tons e texturas naturais, como o branco, tons metálicos, a madeira, o castanho e os tons terra, serão a melhor aposta. Para quem gosta de viver o Natal em toda a sua plenitude e não resiste a um típico Pai Natal de barbas brancas, há que assumi-lo também na decoração. Muitas lojas apostam precisamente neste segmento: duendes, pais natal, renas, comboios, um mundo de fantasia à escolha.

IMG_8704.JPG

- Decorar a cozinha: por que não? Aqui um exaustor decorado com uma árvore de Natal de madeira, com suporte para tea lights, da De Borla e uma grinalda de azevinho do Aki - 

 

 #Onde e quando comprar? Posso mudar todos os anos?

Hoje em dia felizmente existem dezenas de opções e para todos os bolsos. Uma boa estratégia é de ano para ano olhar para o que temos e ver se ainda gostamos. Uma coisa é certa: os centros de mesa facilmente transitam de uns anos para os outros. O presépio (para quem faz) também. A decoração da árvore de Natal é sempre o foco da indecisão... Vale mudar tudo, todos os anos? Bom, a menos que a carteira e o espaço não se queixem, não é razoável mudar tudo, todos os anos. Mas há formas de poder variar sem sentir peso na consciência. Aposta em “bolas” transversais a vários estilos e cores de decoração.

Um conjunto de bolas douradas e um conjunto de bolas prateadas deve sempre manter.

Várias lojas já os vendem em kit, com vários tamanhos e a preços muito convidativos. Essas são as que deves manter. Depois, todos os anos podes comprar (dependendo do tamanho da árvore) 5 ou 10 peças chave diferentes, que vão mudar o look do teu pinheiro. Basta misturá-las com as bolas do ano anterior e todos os anos terás uma árvore “nova”.

 

 #Promoções, descontos e oportunidades!

Queres mais uma dica para aquela "questãozinha" do "peso na consciência"? É verdade que depois do Natal, já só queremos encaixotar tudo e não pensar mais no Natal até ao ano seguinte, contudo é nesta altura que os preços são mais convidativos. Descontos a partir de 50% são muito comuns e conseguem-se verdadeiros achados. Claro que não é tão divertido comprar um artigo e ter de o guardar durante um ano, mas… a tua carteira agradece!!!!!

Obviamente, estas são apenas dicas. Com mais ou com menos decoração, com um pinheiro de dois metros ou com um ramo de azevinho, importa é viver a quadra de coração aquecido, junto daqueles que nos querem bem! 

Christmas deco_decoração_natal_tendencias_trendy_x-mas_table_

Este artigo e fotografias são da autoria de "@themasterbedroom" que poderão seguir no instagram e aqui no blog uma vez por mês!

Uma parceria recheada de bom gosto e ótimas dicas!

DIY #3 | Easy Macrame Wall Hangings

A inspiração chegou através de duas meninas que sigo religiosamente pelo instagram, a @joanajoes e a @ana_na_suécia, e a vontade de colocar em prática tudo o que já tinha pesquisado pelo Pinterest surgiu quando encontrei o pedaço de madeira p-e-r-f-e-i-t-o! Na verdade quem o encontrou foi a Shiva mas em troca de um biscoitinho ela cedeu e deu-me o pau (sim foi suborno e não negociação! ahahah)! 
A técnica que utilizei foi a mais simples e o design foi inspirado no instagram e no pinterest. Existem mil ideias, imensas técnicas e imensas finalidades para esta arte do macramé! Eu fiz algo bem simples e com o propósito de decorar a parede da sala de nossa casa que tinha um buraco muito inestético e difícil de esconder! O projeto demorou cerca de 20 minutos, não custou mais de 2 euros e eu estou in love!!!

Para fazer o DIY apenas precisei do pedaço de madeira que a Shiva encontrou, de 3 rolos de trapilho (escolhi beje, cinza mesclado e castanho), tesoura e fita cola.
Material necessário para fazer um Easy Macrame Wall Hangings
PASSO-A-PASSO
Passo-a-passo do Easy Macrame Wall Hangings
#1 Comecei por medir uma tira de trapilho do tamanho que pretendia que fosse o pedaço maior do meu DIY, dobrei ao meio, para fazer o dobro do tamanho e cortei. Fiz o mesmo para as 3 cores sendo que para a cinza apenas precisei de cortar 5 tiras, 16 tiras para o beje e 8 tiras para o castanho. 
 
#2 No centro do pedaço de madeira coloquei a primeira tira de trapilho fazendo uma laçada tal como mostra a imagem seguinte. De cada lado da tira central coloquei 2 tiras fazendo um total de 5 tiras da cor cinzenta. 
Imagem ilustrativa do tipo de "nó" utilizado no DIY
#3 Para a cor beje a tipo de nó foi exatamente o mesma que na imagem anterior sendo que utilizei para cada lado 8 tiras de trapilho, num total de 16. Para dar um efeito mais bonito apertem bem os nós puxando o trapilho para baixo, ajeitando-os para que fiquem todos na mesmas posição.

#4 Para finalizar, nas extremidades utilizei 4 tiras de trapilho castanho.

#5 O aspeto no final é o que podem observar na figura #5. Aqui entra mais uma vez a vossa inspiração. As opções são variadas, podem decidir cortar o vosso Macrame Wall Hangings a direito, em forma de V, em escadinha, em V invertido, vocês é que decidem!
#6 Eu decidi que queria o meu macrame em formato de pirâmide / V invertido e o que fiz foi colocar fita-cola de acordo com o formato que pretendia e com a ajuda da tesoura cortei o excedente.

Et Voilá! 

DIY#2 | Decoração de Cabides

Lembram-se desta imagem do post do Look de festival?


A verdade é que algumas leitoras me perguntaram onde tinha comprado os cabides da foto...A resposta é simples... Foi no IKEA. A questão é que eles eram todos branquinhos e sem graça nenhuma e eu decidi dar-lhes um pouco mais de vida, decorando-os! Se queres saber como o fiz é só continuares a ler o post! 

1. Precisas de um cabide. 
2. Fita cola colorida. 
3. As tuas mãos!

Tudo o que tens de fazer é passar a fita cola pelo cabide e Voilá! Rápido, fácil e super original. Se tiveres elásticos para cabelo com lacinhos ou flores podes sempre adornar o teu cabide com eles! 


DIY#1 | Era uma moldura, agora é um espelho!

O DIY (Do It Yourself) que vos quero mostrar hoje, fi-lo faz muitos, muitos anos, contudo vou tentar mostrar-vos com o maior detalhepossível a forma como o fiz!

Tal como está no título do post, o que fiz foi transformar uma moldura simples num espelhocolorido e que se identificasse mais com o meu quarto e comigo.

Este foi o resultado!

1. Comecei por escolher o tipo de moldura  que mais se adequava ao que eu pretendia –neste caso uma moldura em tom claro, sem recortes e sem verniz (para facilitara pintura) e com uma medida aproximada de X x Y cm.

2. Retirei o vidro da moldura (neste caso não passei lixapois a moldura já era matte e nãotinha verniz, contudo caso a vossa moldura seja brilhante, será convenientepassar uma lixa fina apenas para alisar e uniformizar a textura da vossa basede trabalho). 

3. Com um lápis, desenhei linhas verticais comaproximadamente 1 cm de distância entre elas (aqui podem escolher o tipo delinhas que quiserem, horizontais, diagonais, bolinhas…fazem como gostarem e como tamanho que seja do vosso agrado).


4. Escolhi as cores que queria utilizar, e neste caso comoutilizei guache simples (aquelas embalagens tradicionais com cores primárias é suficiente mas se tiverem uma com mais cores, melhor!!)tive de misturar as tintas de modo a obter as cores que pretendia.

5. Pintei tudo seguindo as linhas a lápis que fiz e depoisde seco (a gauche seca super rápido), passei mais uma a duas camadas para ascores ficarem bem evidenciadas. Para “disfarçar” os limites das linhas de coresdiferentes utilizei uma tinta de relevo dourada e desenhei as linhas (umas maisdireitinhas que outras).

6. Com essa mesma tinta de relevo decidi criar outros efeitos noscantos da moldura e ainda colocar uma borboleta com purpurinas, apenas para darum toque mais feminino.


7. É claro que para ser um espelho, esta moldura terá deter…um espelho! Eu mandei fazer o meu espelho à medida do vidro que a molduratrazia numa loja que vende vidros, caixilharia, molduras, etc. Com o espelho jápronto foi só colocar tal como se fosse o vidro da própria moldura e apertarcom os ganchinhos da parte de trás da moldura (caso se sintam mais segurospodem sempre colocar no rebordo do espelho/moldura um pouco de cola quente oucola de contacto).


8. Por fim é só definir muito bem o centro da moldura e colocarum gancho para depois pendurar o espelho na parede!

Prontinho! Agora é só pendurar e usufruir!


Deixo-vos ainda um outro exemplo bem simples que é:

Estas eram duas molduras antigas que eu tinha quando o meu quartoestava em tons mais frios (nomeadamente em azul) e que pintei com a ajuda de umpedaço de esfregão da loiça.

1. Limpei a moldura muito bem e retirei o vidro (no vossocaso se acharem necessário podem passar uma lixa fina para uniformizar).
2. Preparei a tinta com a cor a gosto.
3. Com um pedaço de esfregão da loiça molhei na tinta eapliquei na moldura com batidas leves (para ficar com o efeito pretendido).Nesta passo se quisermos ter como pano de fundo uma cor diferente da molduraoriginal, devemos aplicar essa mesma cor anteriormente. Por exemplo, neste casoem concreto, eu poderia ter feito um fundo branco que iria realçar muito mais oefeito do esfregão e da cor.
4. Depois de seco coloquei umas missangas no canto superiorpara dar um realce e um toque um pouco mais elaborado. Coloquei a cola, fazendoo efeito ziguezague pretendido e espalhei uma boa dose de missangas por cima.Deixei secar e depois foi só retirar o excesso.
5. Coloquei o vidro e a fotografia!

Prontinho!



Espero ter sido útil e que vos tenha dado uma ideiaengraçada para um DIY rápido e que implica a utilização de pouco material e poucotempo. Já sabem, partilhem connosco os vossos DIY e sejam imaginativos!Facebook, Instagram e Pinterest. Hashtag #blogaddictedto

Sobre mim

Perfil
Raquel Teixeira | 29 | Food Engineer | Quality Management
Shiva | Jack Russell
-------------------------------------
lavieenrose321.info@gmail.com
-------------------------------------
Parcerias|Imprensa|Sobre o Blog

Instagram

Zomato

Vê a minha história gastronómica na Zomato! Vê a minha história gastronómica na Zomato!

Shop

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D